Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
  SetaSALA DE IMPRENSA FB
 
 
Release
Bookmark and Share      

05/09/2016 - 13:18 - #Mac Comunicação e Marketing
Acidentes de trânsito formaram para-atletas
Acidentes de trânsito formaram para-atletas - #MAC COMUNICAÇÃO E MARKETING

A tragédia dos acidentes de trânsito no Brasil, sem estatísticas precisas, estimadas entre 40 e 50 mil mortes por ano, também provocam um gigantesco número de deficientes físicos. Muitos destes encontraram uma nova vida na prática de esportes.  ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
A tragédia dos acidentes de trânsito no Brasil, sem estatísticas precisas, estimadas entre 40 e 50 mil mortes por ano, também provocam um gigantesco número de deficientes físicos. Muitos destes encontraram uma nova vida na prática de esportes.

Da delegação nacional que participa da Paraolimpíada, com 287 atletas, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Andrew Parsons, informa que 282 deles revelaram a origem de suas deficiências. O levantamento mostrou que 50 para-atletas da delegação foram vítimas de acidentes de trânsito, por colisões ou atropelamentos, cerca de 18% da equipe.

Entre os recursos de reabilitação da pessoa que se torna deficiente por inúmeros outros motivos, o esporte tem sido um dos meios mais saudáveis de elevar a autoestima. A prática de diversas modalidades esportivas permite que os acidentados se tornem novamente produtivos e assumam novas condições físicas para a vida que segue. Na paraolimpíada do Rio o país será representado em 22 modalidades.

Acabar com a violência no trânsito

Infelizmente, o volume de carros no trânsito urbano e nas rodovias cada vez mais aumenta e a imprudência dos que dirigem também. O que acontece atualmente é um comportamento generalizado de desobediência civil. Um acidente é um acidente, mas acidente por imprudência é uma vergonha. Grande parte dos motoristas não respeita os limites de velocidade, bebem e dirigem, usam o celular o tempo todo, não usam cinto de segurança, não respeitam seus companheiros de trânsito, usam drogas e muitos deles com carros que deveriam estar fora de circulação por suas deficiências.

A fiscalização não dá conta. As punições da Lei não amedrontam e aí os infratores recorrem aos cartazes em quase todos os postes e muros das cidades que anunciam: teve multa?, habilitação suspensa? Ligue para o fone tal e seus problemas serão resolvidos. Mas, que história é essa? Nunca teve autoridade dando uma de cliente para entender o mecanismo desses inúmeros anunciantes?

E, assim, vamos incentivando a fábrica de deficientes físicos, cujo atendimento pelo sistema SUS gera custos elevadíssimos. Porém, não se pensa em cortar o mal pela raiz. Além disso, na saúde pública, o tratamento para as vítimas de trânsito ainda costuma esbarrar na insuficiência de leitos hospitalares para emergência e de profissionais plantonistas.



Data de inclusão: 05/09/2016
Fone: (11) 5521-3483
Contato: Raul Machado
Empresa: #Mac Comunicação e Marketing
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Automóveis][Comportamento][Esportes]
Este Release foi visto 504 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
 
 
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.