Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

05/07/2017 - 17:39 - #Mac Comunicação e Marketing
Turista pode ver em Itu relíquias da Revolução Constitucionalista
Turista pode ver em Itu relíquias da Revolução Constitucionalista - #MAC COMUNICAÇÃO E MARKETING


O turista que visitar Itu, no próximo domingo, dia 9 de julho, poderá ver de perto muitas memórias da Revolução Constitucionalista que estão expostas no Regimento Deodoro, o Quartel de Itu, que teve importante participação no movimento.

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br

O turista que visitar Itu, no próximo domingo, dia 9 de julho, poderá ver de perto muitas memórias da Revolução Constitucionalista que estão expostas no Regimento Deodoro, o Quartel de Itu, que teve importante participação no movimento.

Com o antigo nome do regimento – 4º RAM, os militares aderiram ao combate e quatro dias após a deflagração do conflito, em 9 de julho de 1932, surgiu na cidade o valoroso 3º Batalhão de Caçadores Voluntários (3º BCV), constituído por soldados voluntários de 35 cidades do interior paulista, incorporando um total de 599 homens, dos quais 263 eram ituanos.

O 9 de julho se tornou um símbolo para os paulistas especialmente depois do dia 23 de maio de 1932 quando numa manifestação de jovens estudantes na Praça da República, em São Paulo, quatro deles foram mortos pela polícia do governo federal. Eram Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, cujas iniciais, MMDC, transformaram-se num dos símbolos da revolução

Foi uma verdadeira guerra civil com muito maior contingente de militares defendendo o governo federal, comandado pelo ditador Getúlio Vargas. Mesmo assim, São Paulo fez uma grande campanha e contou com a mídia da época, jornais e rádios, para mobilizar grande parte da população. O principal motivo do levante paulista foi a reivindicação da elaboração de uma nova Constituição e a convocação de eleições para presidente.

Apesar da forte participação do povo paulista, que não ficou indiferente ao conflito, inclusive com estudantes universitários, comerciários e profissionais liberais, São Paulo foi derrotado e entregou as armas em 28 de setembro de 1932. Mas, o espírito da revolução foi alcançado dois anos depois. Em julho de 1934, foi promulgada uma nova Constituição com avanços democráticos e sociais para o país.

Até hoje, o Regimento Deodoro, com um belo museu e a igreja de São Luis Gonzaga, é um documento vivo da época da revolução na qual cerca de três mil brasileiros morreram em combate. Duas grandes homenagens ergueram, em São Paulo, o monumento ao soldado constitucionalista, um mausoléo suntuoso todo em mármore branco, que acolhe os corpos dos soldados mortos em combate, no Parque do Ibirapuera. Nas suas paredes estão esculpidos os versos da famosa poesia de Guilherme de Almeida - Bandeira de treze listras. Além disso, uma das mais importantes avenidas da capital, foi batizada com a data de 23 de Maio.


Data de inclusão: 05/07/2017
Fone: (11) 5521-3483
Contato: Raul Machado
Empresa: #Mac Comunicação e Marketing
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Cidades][Eventos][Turismo ]
Este Release foi visto 452 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.