Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

19/09/2017 - 15:52 - #Verbo Nostro Comunicação Planejada
A interdisciplinaridade é a marca dos vestibulares atuais
A interdisciplinaridade é a marca dos vestibulares atuais - #VERBO NOSTRO COMUNICAÇÃO PLANEJADA

Cada vez mais presente nos exames do país, tem como principal foco as relações entre as disciplinas. Especialistas garantem: estudantes precisam cuidar bastante do seu repertório cultural e prestar atenção às associações de ideias, ampliando suas cha ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
Ribeirão Preto (SP), 18 de setembro de 2017 – Na intensa rotina de preparação para os vestibulares, os candidatos procuram novidades e métodos eficazes para aprimorar seus conhecimentos. A meta é uma só: garantir uma vaga na universidade. Uma das principais orientações de especialistas é que o candidato conheça bem antes as provas que vai prestar e aprenda suas características e exigências. Hoje em dia uma das principais características das provas dos principais vestibulares é fazer com que as disciplinas dialoguem entre si. Outro ponto que professores alertam é que as universidades não procuram alunos especialistas. A especialidade será conquistada dentro de cada curso.

Segundo o professor e diretor do Criar Redação, Luiz Claudio Jubilato, incluir a interdisciplinaridade na rotina de estudos é um desafio. O vestibulando deve sempre tentar ir além do que cada disciplina propõe. “Geralmente o aluno estuda determinado conteúdo e fica preso a isso”, comenta. “É preciso prestar atenção à relação entre aspectos fundamentais de cada disciplina que podem ser explorados por outras”, indica o professor.

Estudar dessa forma traz diversas vantagens como aumento do repertório cultural e da capacidade de raciocinar, além de maior facilidade para analisar textos. “Os examinadores valorizam sobremaneira os conhecimentos gerais. A interdisciplinaridade demonstra a cultura sedimentada que pode ser aplicada de diferentes formas. Atentar para ela é pré-requisito para aprovação”, revela Luiz Cláudio.

A Fuvest foi um dos primeiros vestibulares a utilizar a interdisciplinaridade como base para a construção da prova, sendo seguida depois por outros grandes vestibulares como Unicamp, Unesp e Enem.

Para o professor Luiz Cláudio, essa tendência tem sido benéfica não só para os alunos, como também para os professores que precisam se preparar e se adequar a um novo modelo de ensino. “Essas ligações estabelecidas pela interdisciplinaridade exigem que o professor também aumente seu repertório cultural e busque conteúdos que dialoguem com outras disciplinas”, afirma.


Informações para a Imprensa:
Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis:
Luciana Grili (16) 99152 2707 (luciana@verbo.jor.br)
Andrea Berzotti (16) 99138 6185 (andrea@verbo.jor.br)
Valter Jossi Wagner (16) 99152 2700 (valter@verbo.jor.br)
Data de inclusão: 19/09/2017
Fone: (16) 36108659
Contato: Verbo Nostro Comunicação Planejada
Empresa: #Verbo Nostro Comunicação Planejada
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Cidades][Franquias][Geral]
Este Release foi visto 502 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.