Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

07/11/2017 - 11:01 - DOC Press
O crime no campo: sete veículos agrícolas são roubados ou furtados por dia no Estado de SP
O crime no campo: sete veículos agrícolas são roubados ou furtados por dia no Estado de SP - DOC PRESS

Estudo inédito revela quais são os modelos mais visados pelos bandidos, horários e locais com maior incidência de delitos ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
Nos seis primeiros meses de 2017, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo registrou 957 roubos e 325 furtos de veículos agrícolas, em todo o Estado. Os dados acabam de ser tabulados e analisados no Boletim Econômico Tracker-Fecap de setembro, fruto de uma parceria entre o Grupo Tracker (maior empresa de rastreamento e localização de veículos do Brasil) e a Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (referência na área de Gestão de Negócios).
“Ao analisar os índices de roubo e furto destes maquinários nos últimos 12 meses, é possível observar comportamentos divergentes. Enquanto o foco maior do furto se concentra nos reboques e tratores, o roubo tem sua grande concentração no semirreboque”, afirma o especialista em Inteligência de Mercado do Grupo Tracker, Frederico Augusto Lanzoni.
“Quando comparamos os furtos e roubos das grandes metrópoles com a zona rural, é possível ver que a ação é completamente diferente. Na zona rural, existe muito mais planejamento e dinheiro envolvidos por trás do furto e roubo, porque essa carga pesada vale mais”, comenta o professor de Economia e coordenador do NECON – Núcleo de Conjuntura Econômica da FECAP, Erivaldo Costa Vieira.

Furto últimos 12 meses

Furto por tipo N° de Furtos
CAMINHÃO TRATOR 317
SEMIRREBOQUE 289
REBOQUE 237
TRATOR RODAS 133
TRATOR MISTO 14
TRATOR ESTEIRAS 7
Total 997

Outro ponto a ser destacado é a diferença do comportamento entre os crimes de roubo e furto. “O volume de roubos apresenta índices três vezes maiores que o furto”, acrescenta Lanzoni.
Já com relação aos modelos, na modalidade furto os Tratores representam 47% do total. Na modalidade roubo, 49% do total ocorrem no semirreboque, seguido pelo caminhão trator com 46% das ocorrências.
Para o gerente de Operações do Grupo Tracker, Rodrigo Boutti, este aumento era previsto. “Os números mostravam o interesse em ‘pesados’, já que localizamos, por diversas vezes, reboques sem as rodas e pneus, abandonados em meio a zonas rurais”.


Roubo por Tipo N° de Roubo
CAMINHÃO TRATOR 1645
SEMIRREBOQUE 1731
TRATOR RODAS 104
REBOQUE 82
TRATOR MISTO 10
TRATOR ESTEIRAS 3
Total 3575


Os aspectos que diferenciam esses dois tipos de crimes não se limitam ao volume. O perfil de atuação do criminoso também diverge quanto aos horários. Os furtos ocorrem, em sua maioria, na madrugada (26,58%), já os roubos, no período da noite (33,09%).

Com relação às cidades com maior número de ocorrências, em julho, 45% das ocorrências foram em Jaguariúna, Jaú e Campinas. No tocante roubo, 10 cidades centralizam esse tipo de crime. Juntas representaram 49,52% das ocorrências em julho.

Tecnologia específica para veículos agrícolas
De acordo com o Boletim Econômico Tracker-Fecap, cruzando os dados de locais de roubo e furto com a análise dos horários dos furtos, os crimes acontecem, em sua grande maioria, de madrugada, nos locais onde os maquinários e veículos agrícolas permanecem ‘em descanso’.
Rodrigo Boutti explica que os ladrões sabem que estes maquinários ficam estacionados por longos períodos e com a chave geral de alimentação desligada. Além disso, na zona rural, muitas vezes não tem sinal da rede móvel, impossibilitando o monitoramento pela tecnologia “GPS/GPRS”, e é justamente neste “ponto cego” que os bandidos atacam.
“O Grupo Tracker disponibiliza para o mercado um equipamento de Radiofrequência autônomo que anula os efeitos ‘falta de energia e sinal da rede móvel’, para que seja possível o rastreamento destes veículos e assim combater e recuperar os bens”, finaliza o gerente de Operações da empresa.

O Mercado
O Agronegócio paulista corresponde a 13,8% do PIB total do Estado de São Paulo e 18,7% do PIB do Agronegócio Brasileiro. Emprega cerca de 2 milhões de pessoas, representando 14% do mercado de trabalho do Estado de São Paulo e 25% dos empregos no Agronegócio brasileiro.
Já o transporte de cargas no campo compõe 10% do segmento de agrosserviços, sendo que este representa 42,7% do PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo.
Data de inclusão: 07/11/2017
Fone: (11) 55338781
Contato: José Luchetti
Empresa: DOC Press
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Agronegócios][Pesquisas-Indicadores][Tecnologia]
Este Release foi visto 263 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.