Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

17/11/2017 - 11:42 - C4 Comunicação
PROTESTE alerta sobre os possíveis riscos na hora de solicitar empréstimo
PROTESTE alerta sobre os possíveis riscos na hora de solicitar empréstimo - C4 COMUNICAÇÃO

Os juros podem chegar a 506% ao ano
 ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
Optar por um empréstimo jamais deve ser visto como a melhor opção, no entanto, às vezes as contas apertam e não há outra saída. Especialistas recomendam concentrar a negociação em um só empréstimo e jamais usar o rotativo do cartão de crédito e cheque especial, já que tem os maiores juros do mercado. Se esse é o caso, o crédito pessoal pode ser uma boa alternativa, mas é preciso ter cuidado. Ficar de olho nos juros é essencial, assim como estar atento às condições impostas pelas instituições.

O crédito pessoal é disponibilizado tanto por bancos quanto por financeiras – para pegar empréstimo no primeiro, é necessário ser correntista. Também é possível recorrer às startups ou as chamadas fintechs. Devido à estrutura enxuta, e por serem exclusivamente on-line, elas costumam oferecer taxas mais atraentes.

Na hora de optar por uma instituição, tenha em mente que não há melhor ferramenta de comparação do que o valor do Custo Efetivo Total (CET). Ele corresponde a todos os encargos e despesas incidentes na operação, incluindo os juros. Quanto menor o CET, melhor.

A facilidade de acesso ao crédito pessoal é bem atrativo e por isso, a PROTESTE, Associação de Consumidores, alerta os consumidores para o valor máximo que deve ser liberado para cada cliente. O limite vai depender da análise realizada previamente.

Geralmente, o prazo para quitar a dívida não ultrapassa 48 meses. Contudo, existem instituições que permitem o pagamento em até 60 vezes. Se o consumidor pretende recorrer a esse empréstimo, deve ficar atento: quanto maior o prazo, maior o montante pago referente aos juros.

A Associação realizou um estudo com dois cenários: empréstimo de R$ 3 mil, em 12 e em 18 vezes, e empréstimo de R$ 6 mil, também em 12 e 18 vezes. As financeiras mostraram ser a pior opção, com CET alcançando 506% ao ano (Ibi Financeira). Nos bancos, o CET não ultrapassa 209% ao ano (Santander) – e esse é um valor que já é considerado elevado.

O melhor resultado apresentado foi a fintech Lendico. O CET encontrado foi de 50,38% ao ano, o que garantiu a ela o título de escolha certa em nosso teste.

Também foram comparados dois financiamentos de R$ 3 mil em 12 parcelas – um feito na Lendico e outro na Financeira Ibi, que apresentaram, respectivamente, a menor e a maior taxa do estudo. No primeiro caso, o total da dívida será de R$ 3.716. Já no segundo, ela vai chegar a R$ 6.986 – uma diferença de quase R$ 3,3 mil.

Em 18 meses, o montante pago ao final do financiamento na Lendico será R$ 4.059. Na Financeira Ibi o valor chega a R$ 9.167. Ou seja, é possível poupar mais de R$ 5 mil.

Por isso, a PROTESTE firmou uma parceria com a Lendico para oferecer ao consumidor crédito pessoal seguro e com as menores taxas do mercado, para fazer uma simulação e saber o custo do crédito, basta acessar www.proteste.org.br/emprestimo.

O consumidor precisa planejar a melhor data para o pagamento das parcelas e se certificar de que elas não serão pesadas demais para o bolso. Caso haja contas no cartão de crédito e for impossível quitar esses valores, ainda vale mais a pena recorrer ao crédito pessoal do que pagar os juros do cartão. Por outro lado, se o intuito é pegar um empréstimo para pagar outro, talvez seja melhor começar a fazer cortes drásticos no orçamento para, assim, equilibrar o financeiro.


SIMULAÇÃO
Na simulação entre um empréstimo pessoal contratado na Lendico, que apresentou as menores taxas (até 50,38% ao ano), e outro contratado na Ibi Financeira, cujas taxas chegam a 506% ao ano, vimos que a diferença paga ao final do financiamento é bem expressiva. Confira os resultados abaixo.
Data de inclusão: 17/11/2017
Fone: (11) 0020202020
Contato: Flavia Santana
Empresa: C4 Comunicação
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Defesa do Consumidor][Economia e Finanças]
Este Release foi visto 142 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.