Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

16/01/2018 - 09:41 - C4 Comunicação
VOLTA ÀS AULAS: PROTESTE alerta pais na hora da compra de materiais escolares
VOLTA ÀS AULAS: PROTESTE alerta pais na hora da compra de materiais escolares - C4 COMUNICAÇÃO

Pesquisa entre lojas e reaproveitamento podem ajudar a economizar ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
A compra do material escolar no início do ano costuma ser uma tarefa indispensável para quem tem filho. Os preços disparam e, as crianças tendem a optar por itens de marcas com grande marketing publicitário, o que dificulta ainda mais na hora da escolha.

A forma mais simples de economizar é não comprar logo na primeira papelaria. Há uma variação de preço para cada item e ela pode pesar na hora de fechar as contas. De acordo com a PROTESTE, associação de consumidores, é preciso conferir se há produtos que podem ser reaproveitados do ano anterior. Fracionar a compra também pode contribuir na diminuição de contas no começo do semestre.

De acordo com dados da Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (Abfiae), somente em 2018, o preço dos materiais escolares sofreu um aumento médio entre 5% e 8%. Por isso, a associação aconselha, se possível, realizar as compras em conjunto com outros pais que possuam filhos na mesma faixa etária. Compras em grandes quantidades podem auxiliar na hora do desconto.

Recomenda-se também o pagamento à vista. Evitar financiamentos ajuda a não comprometer o ano inteiro com dívidas. Caso não seja possível, o ideal é que sejam parcelas menores e que caibam no bolso do consumidor.

O comprador deve ficar atento as cobranças, pois conforme a Lei 12.886/2013, a instituição de ensino não pode solicitar a compra de materiais que sejam de uso coletivo, usados na área de higiene ou limpeza. Outra pratica abusiva é o ato de determinar em qual estabelecimento comercial a compra deverá ser realizada.

Outras formas de economizar

Além da pesquisa de preços, a PROTESTE elenca valiosas dicas que vão ajudar o consumidor a economizar ainda mais na volta às aulas:

– Recicle materiais. Além de ser uma forma de poupar, também desenvolve o espírito lúdico das crianças. Para isso, usar os materiais mais desgastados e dar a eles, por exemplo, uma nova capa, uma foto colorida em pastas de fichários, lavar uma mochila, e outras atitudes que economizam e estas sim podem ter auxílio das crianças;

– Uma das maneiras de economizar, é negociar o transporte escolar. O consumidor pode verificar se há a possibilidade de um revezamento com pais que moram próximo a sua residência. Para isso, grupos de WhatsApp podem unir pais que são vizinhos e podem se alternar nesta tarefa;

– Verificar com a escola quais são os períodos de utilização dos materiais solicitados na lista. Caso exista a possibilidade de comprar os itens conforme a necessidade, além de diminuir o desperdício ao longo do ano, o consumidor evita desembolsar uma quantia elevada em um único mês;

Além destas, constam no site da proteste outras dicas par quem vai comprar material escolar. https://www.proteste.org.br/dinheiro/orcamento-familiar/noticia/material-escolar-10-itens-que-nao-podem-ser-solicitados

Para sanar outras dúvidas, basta acessar https://www.proteste.org.br ou ligar para 0800 282 2210.
Data de inclusão: 16/01/2018
Fone: (11) 0020202020
Contato: Flavia Santana
Empresa: C4 Comunicação
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Defesa do Consumidor][Economia e Finanças][Geral]
Este Release foi visto 1389 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.