Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

18/01/2018 - 10:13 - C4 Comunicação
PROTESTE testa 17 câmeras de smartphones e compara qualidade
PROTESTE testa 17 câmeras de smartphones e compara qualidade - C4 COMUNICAÇÃO

Apesar do preço dizer bastante sobre a qualidade, associação mostra que há boas opções por valores bastante acessíveis ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
O papel primordial do celular é comunicar-se facilmente com as pessoas, e hoje todos os modelos cumprem essa função com sucesso. Entretanto, as câmeras dos smartphones que já somam 200 milhões de unidades em uso no país (dados da FGV-SP), estão cada vez mais sofisticadas. Assim, muitos consumidores avaliam a resolução e os recursos das câmeras dos aparelhos antes mesmo de testar itens como sistema operacional e outras funções.

A novidade que se populariza no mercado é a câmera dupla, que possibilita novos recursos para fazer fotos, entre elas, o desfoque do fundo da foto e o fim dos retratos tremidos no escuro. Estes recursos estão tornando-se disponíveis para todos os dispositivos, porém, os top de linha, consequentemente mais caros, continuam evoluindo e produzindo fotos de melhores qualidades, alguns capazes de fazer gravações em vídeo com qualidade Full HD ou até mesmo 4K.

À parte da diferença de valores, os celulares estão bem alinhados nos mais variados critérios. A maioria pode contar com uma câmera de 12MP de resolução, e outros poucos, como Moto Z, Moto G5 e LG G6, um pouco menos, 13MP. Os que se sobressaem nesse critério são os modelos Galaxy A5 (2017) e Galaxy A7 (2017), disponibilizando 16MP, e o Sony Xperia XA1 Ultra, oferecendo 23 MP. Mas, diferente do que muitos pensam, trata-se do tamanho das fotos e não a qualidade das câmeras.

Essa novidade também chegou para as câmeras frontais, em que a disparidade de resolução é mais gritante, indo desde 5 MP até modelos mais parrudos que chegam há 16 MP que é o caso dos modelos do Galaxy A5 (2017), Galaxy A7 (2017) e Xperia XA1 Ultra. Os dispositivos possuem detecção de face e focagem automática, além da opção de marcar a localização na foto.



Qual a melhor câmera?

No que diz respeito à qualidade da câmera, a PROTESTE, Associação de Consumidores, avaliou por meio de diversos testes, que os modelos de última geração da Apple e da Samsung, como Galaxy S8 e iPhone 8, possuem câmeras com funções mais avançadas, se comparadas a outras versões. Eles oferecem fotos de qualidade superior tanto na câmera frontal quanto na traseira.

Entretanto, o custo é alto e, se o consumidor não quiser desembolsar esse valor, há outras opções. O LG G6 foi destaque no critério de foto de distância próxima sem flash, com avaliação positiva também no teste de zoom. Mesmo assim, por menos de R$ 2.000, é possível adquirir um celular com câmera de qualidade aceitável, como a dos aparelhos Moto Z e Asus Zenfone 3.

Em análise, a maioria dos dispositivos recebeu avaliação boa na câmera frontal, com destaque para Xperia XA1 Ultra, iPhone 8 e iPhone 8 Plus. Já os aparelhos Galaxy A5 (2017), Galaxy A7 (2017), Moto G5 e Moto G5 Plus pecam nesse critério, avaliados como ruins.

Confira o teste completo no site: www.proteste.org.br
Data de inclusão: 18/01/2018
Fone: (11) 0020202020
Contato: Flavia Santana
Empresa: C4 Comunicação
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Defesa do Consumidor][Internet]
Este Release foi visto 1081 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.