Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

09/03/2018 - 10:22 - C4 Comunicação
Após diversas denúncias feitas pela PROTESTE, novo teste com azeites revela resultados positivos
Após diversas denúncias feitas pela PROTESTE, novo teste com azeites revela resultados positivos - C4 COMUNICAÇÃO

A Associação realiza testes com azeite há mais de 15 anos

 ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
Desde 2002, a PROTESTE, Associação de Consumidores, realiza testes em variadas marcas de azeite com ampla repercussão. O foco da Associação não é apenas denunciar fabricantes que não estão oferecendo produtos de qualidade, mas também proporcionar melhores experiências de compra ao consumidor.

Em dezembro de 2017, 30 marcas foram avaliadas, e duas foram elencadas como o Melhor do Teste pela associação: o azeite chileno O-Live e o italiano Filippo Berio. Ambos os produtos receberam 96 pontos de 100, sendo apostas certeiras.

Por um preço um pouco menor, ainda é possível comprar azeites tão bons quanto os citados acima. O azeite argentino Cocinero, que ficou em terceiro lugar com 95 pontos, custa, em média, R$ 16,30, enquanto o melhor do teste, O-Live custa R$ 20,37. Uma economia que pode fazer diferença no final do mês, principalmente para os adeptos do uso do azeite como uma opção culinária mais saudável, por exemplo. Há outras seis indicações que receberam notas acima de 91. Resultado positivo para o consumidor, que tem a sua disposição, uma gama importante de azeites que valem a pena serem consumidos.


CONQUISTAS DA PROTESTE


Há mais de 15 anos realizando testes em azeites, sempre que encontra inconformidade, a PROTESTE denuncia para os orgãos responsáveis. Graças a essas denúncias obtiveram muitas melhorias. Somente em 2017 foram diversas vitórias. Conheça algumas delas:



- Em um dos testes, seis marcas não foram recomendadas para a compra. Três meses após a divulgação, a Anvisa publicou uma resolução proibindo a distribuição e a comercialização de um lote de uma das marcas reprovadas;



- Uma das marcas reprovadas havia conseguido proibir judicialmente a divulgação dos resultados de nosso teste. Com a campanha “Consumidor Contra Censura”, que contou com o apoio de mais de 3.600 pessoas e aos esforços da PROTESTE, os resultados foram novamente liberados;



- A PROTESTE solicitou ao Conar a alteração da rotulagem do produto Essência Portuguesa, que se tratava de um tempero, mas poderia confundir o consumidor, passando-se por azeite. O Conar acatou a solicitação e o fabricante teve que mudar o rótulo;



- No final de novembro, o Ministério Público Federal abriu uma ação civil pública para que o Ministério da Agricultura e a Anvisa apurem as fraudes encontradas em teste realizado pela PROTESTE em 2013.



Confira os resultados do teste em www.proteste.org.br

Data de inclusão: 09/03/2018
Fone: (11) 0020202020
Contato: Flavia Santana
Empresa: C4 Comunicação
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Defesa do Consumidor][Gastronomia][Saúde ]
Este Release foi visto 879 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.