Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

13/04/2018 - 11:08 - DOC Press
É preciso reestruturar as relações dos diversos atores do setor da saúde
É preciso reestruturar as relações dos diversos atores do setor da saúde - DOC PRESS

“Os gestores precisam mudar a mentalidade e encarar o compliance como filosofia, acima de números, vendas e resultados”, defende o presidente do IES ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
O presidente do Conselho de Administração do Instituto Ética Saúde, Gláucio Pegurin Libório, defendeu que todos os atores do setor da saúde se empenhem para alinhar as relações, com o objetivo único de promover um mercado mais ético e transparente. A afirmação foi durante o Fórum de Compliance Healthcare, realizado em São Paulo, na última terça-feira (10). O evento teve o apoio do IES e discutiu a direção que a saúde tem tomado no Brasil e no mundo, sob a ótica de grandes especialistas do mercado.
“A proposta do Ética Saúde, em primeiro lugar, é reunir todos os players e discutir o pagamento entre plano de saúde e hospitais, a relação dos hospitais com os distribuidores e assim por diante. Alinhando as relações, teremos sucesso e, naturalmente, trabalharemos dentro da cultura de compliance”, defendeu Libório.
O presidente do IES apresentou as principais conquistas do Instituto, desde a criação, em 2015. Também participaram do painel ‘Retrospectiva: o que os setores público e privado realizaram nos últimos três anos’, Cláudia Taya, do Ministério da Transparência; Francisco Balestrin, do CBEXs; e Lilian Orofino, diretora da ABIIS.
Nas considerações finais do Fórum de Compliance Healthcare, o presidente do IES fez uma rápida comparação de comportamento com as indústrias automobilísticas do Japão e dos Estados Unidos. “Os americanos faziam o controle de qualidade no processo final da linha de montagem. Enquanto os funcionários japoneses faziam ao longo de todo o processo. A qualidade estava incorporada no trabalho deles”. Para Gláucio Libório, o compliance no Brasil vai pelo mesmo caminho dos americanos com sistemas engessados, sem que estejam disseminados, verdadeiramente, por toda a empresa. “Os gestores precisam mudar a mentalidade e encarar o compliance como filosofia, acima de números, vendas e resultados”, completou.
O integrante do Conselho de Ética do IES e subprocurador Geral da República, Antônio Fonseca, ressaltou que o Instituto Ética Saúde é um modelo viável para fortalecer os mecanismos de integridade no ambiente de healthcare. \"Faltam mais investimentos e mais apoio do mercado e do Estado. Os riscos à integridade e as entregas de valor têm que ser considerados do ponto de vista do paciente. As ineficiências decorrem de falhas de mercado e falhas da regulação. O mercado sempre vai atuar como mercado. Os agentes conscientes podem alcançar resultados não desprezíveis. Mas as autoridades precisam se articular adequadamente e implementar, manter e melhorar políticas públicas combinando governança pública, conformidade regulatória e mecanismos de integridade\", defendeu o subprocurador Geral da República.

Coalizão Interamericana de Ética no Setor de Dispositivos Médico
Na véspera, Gláucio Pegurin Libório, o diretor executivo do IES, Carlos Eduardo Gouvêa, e o assessor Técnico, Marlon Franco, participaram do grupo de discussões da Coalizão Interamericana. Também estavam presentes representantes dos Estados Unidos, Argentina, Chile, Equador, Peru, Venezuela, Colômbia, Canadá e México.
Data de inclusão: 13/04/2018
Fone: (11) 55338781
Contato: José Luchetti
Empresa: DOC Press
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Defesa do Consumidor][Nacional][Saúde ]
Este Release foi visto 204 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.