Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

19/04/2018 - 14:28 - DOC Press
Pesquisa ABRAIDI constata retenções de faturamento de cerca de R$ 0,5 bilhão
Pesquisa ABRAIDI constata retenções de faturamento de cerca de R$ 0,5 bilhão - DOC PRESS

O estudo será apresentado em Fórum na próxima semana ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
A Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde - ABRAIDI acaba de concluir uma pesquisa inédita sobre o mercado e que será apresentada durante o I Fórum Brasileiro de Importadores e Distribuidores de Produtos para a Saúde, em 25 e 26 de abril, no Hotel Meliá Paulista - São Paulo/SP. O estudo elaborado por uma empresa de consultoria especializada no setor revela dados alarmantes sobre a saúde privada e pública brasileira.
O estudo \"O ciclo de fornecimento de produtos para a saúde no Brasil\" realizado com mais de 300 associados, que geram 13.600 empregos diretos e faturaram R$ 5,5 bilhões, em 2017, constata uma série de distorções. A primeira relacionada na pesquisa é a retenção de faturamento que chega a R$ 539,6 milhões, sendo R$ 331 milhões retidos por convênios, planos de saúde e seguradoras, R$ 113,8 milhões por hospitais privados e R$ 94,8 milhões por hospitais conveniados ao SUS.
\"O objetivo do levantamento não é culpar ninguém, mas traçar um raio-x do segmento, jogar luz no problema e, juntos, encontrarmos uma solução comum\", defende o presidente da ABRAIDI, Sérgio Rocha, que convida todos a participar do Fórum. A retenção de faturamento é quando uma fonte pagadora (plano de saúde ou hospital), após a realização de uma cirurgia previamente autorizada, não autoriza o faturamento dos produtos consumidos, postergando assim o pagamento. Pela pesquisa, convênios, planos de saúde e seguradoras demoraram 68 dias para autorizar o faturamento, hospitais do SUS 62 dias, e hospitais privados 54 dias. \"Somente depois do faturamento autorizado é que correm os 90 dias para pagamento. Em 29% dos casos, o distribuidor demorou 180 dias para receber\", lembra Rocha citando a pesquisa.
Segundo o presidente da ABRAIDI, as distorções provocam uma eterna luta, um verdadeiro \'cabo de guerra\', entre os players do setor. \"Não dá mais para seguir assim e também não mais há espaço para discursos éticos se eles não forem colocados em prática. \"A transparência é questão de sobrevivência nos dias atuais. A sociedade irá expurgar quem não agir dessa forma\", completa.

Evento:
I Fórum Brasileiro de Importadores e Distribuidores de Produtos para a Saúde
Local: Hotel Meliá Paulista
Endereço: Av. Paulista, 2181 - Consolação - São Paulo/SP
Data: 25 e 26 de abril
Inscrições: www.abraidi.com.br
Data de inclusão: 19/04/2018
Fone: (11) 55338781
Contato: José Luchetti
Empresa: DOC Press
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Economia e Finanças][Política][Saúde ]
Este Release foi visto 256 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.