Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

30/04/2018 - 16:09 - DOC Press
Procura por atendimento nos primeiros meses de vida, pode evitar transtornos em crianças com malformações craniofaciais
Procura por atendimento nos primeiros meses de vida, pode evitar transtornos em crianças com malformações craniofaciais - DOC PRESS

No Brasil, chama atenção a grande incidência das Fissuras Labiopalatinas em adultos de até 50 anos. O tratamento cirúrgico dessas anomalias é realizado em centros especializados e é coberto pelo SUS ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
Uma deformidade que pode ser resolvida com tratamento nos primeiros anos de vida, a fissura labiopalatina ainda possui alta incidência em adultos no Brasil. O tratamento cirúrgico pode ser feito pelo SUS, mas a maioria dos pacientes não tem essa informação e, por ser uma deformidade facial, essas pessoas têm baixa autoestima, se isolam, não vão para escola e não trabalham.
A fissura labiopalatina é uma malformação craniofacial, onde o bebê nasce com uma abertura na região do lábio ou palato, ocasionada pelo não fechamento dessas estruturas entre a quarta e a oitava semana de gestação. Estatísticas mundiais mostram que a cada 700 nascidos vivos, 1 nasce fissurado. No Brasil, o número cai para 1 a cada 650 nascidos vivos.
Segundo o cirurgião membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, Romildo Bringel, é consenso mundial que não existe apenas um motivo ou etiologia que determine a causa da deformidade. \"Eles podem estar associados a exposição da mãe durante o período gestacional à radiação, uso de drogas lícitas e ilícitas, tabagismo, estresse materno, entre outros fatores. Nos estudos realizados, observa-se que a questão nutricional tem um aspecto relevante, mães subnutridas durante a gestação, tendem a aumentar o risco de terem filhos fissurados\", conta o especialista.
O assunto será amplamente discutido no XI ENNEC – Encontro Norte-Nordeste de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial que acontece entre os dias 3 e 5 de maio no Hotel Ritz Lagoa da Anta em Maceió, Alagoas.
O tratamento
O cirurgião buco-maxilo-facial explica que são necessárias várias cirurgias, desde os primeiros meses de vida até 20/21 anos de idade. “É preciso respeitar protocolos e o crescimento facial, até o paciente ser liberado, com alta definitiva do tratamento entre os 18/22 anos. Esse paciente é atendido por uma equipe multidisciplinar formada por cirurgiões plásticos, cirurgiões buco-maxilo-faciais, otorrinolaringologistas, cirurgiões-dentistas, psicólogos, fonoaudiólogos e nutricionistas\".
SUS
Um dos motivos que explicaria a alta incidência de fissuras labiopalatinas em adultos é a falta de acesso aos centros hospitalares especializados. O tratamento cirúrgico é coberto pelo SUS e essa cirurgia é enquadrada pelo Ministério da Saúde como de alta complexidade, o que diminui excessivamente o número de hospitais que podem realizar o procedimento.
SERVIÇO:

XI ENNEC – Encontro Norte-Nordeste de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial
Data: 03 a 05 de maio de 2018
Local: Hotel Ritz Lagoa da Anta em Maceió, Alagoas
Endereço: Av. Brigadeiro Eduardo Gomes de Brito, 546 - Lagoa da Anta, Maceió, 57038-230
Informações e inscrições: www.ennec.com.br
Data de inclusão: 30/04/2018
Fone: (11) 55338781
Contato: José Luchetti
Empresa: DOC Press
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Educação-Cursos][Geral][Saúde ]
Este Release foi visto 910 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.