Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

10/05/2018 - 15:04 - EDM Logos - Comunicação
Artigo: Pouca vergonha!
Artigo: Pouca vergonha! - EDM LOGOS - COMUNICAÇÃO



Estou indignado com o descaso com que os políticos vêm tratando o nosso Sistema Judiciário. É uma vergonha. Eles fazem de tudo para manipular, chegam ao ponto de menosprezar ordens judiciais, num total afronto às Leis deste país. É inadmiss ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br


Estou indignado com o descaso com que os políticos vêm tratando o nosso Sistema Judiciário. É uma vergonha. Eles fazem de tudo para manipular, chegam ao ponto de menosprezar ordens judiciais, num total afronto às Leis deste país. É inadmissível.

Recentemente, uma gravação feita pela senadora paranaense Gleisi Hoffmann (PT) foi amplamente divulgada na TV Al-Jazira. No vídeo, ela afirma que a prisão de Lula é política, que ele é inocente e convoca o mundo árabe (como se todos nossos irmãos árabes compactuassem com essa armação) a ajudar o povo brasileiro na luta pela liberdade do ex-presidente.

Percebam a dimensão deste fato! Ela incitou a comunidade árabe, comunidade esta que faz parte da formação do povo brasileiro, a uma rebelião pela liberdade de Lula. Isso é um absurdo! Uma atitude contrária à Constituição brasileira. E o que mais me chama atenção são os nossos políticos que ignoram a situação, como se nada tivesse acontecido. É revoltante.

Outra situação que me deixou perplexo foi a decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que retirou da alçada do juiz Sérgio Moro e transferiu para a Justiça Federal em São Paulo trechos da delação de ex-executivos da construtora Odebrecht que envolvem o ex-presidente Lula. Eles estão se articulando para beneficiar o Lula e isso é um casuísmo sem limites. A Operação Lava-Jato deu ao povo brasileiro uma luz no fim do túnel. Com ela, o brasileiro começou a acreditar que muitos dos criminosos seriam punidos. Não podemos permitir que a Operação Lava-Jato seja enfraquecida. É uma questão de honra para o povo brasileiro.

Mesmo acusados e julgados, nossos políticos utilizam todos os recursos e meios possíveis para permanecerem livres. Contratam os melhores advogados, conseguem embargos, habeas corpus e engessam o nosso judiciário. Se esses políticos fossem cidadãos comuns, já estariam presos, com passaporte apreendido e muito mais.

Temos que acabar com isso, de uma vez por todas. Precisamos nos insurgir em repúdio a uma parcela do Poder Judiciário que, em vez de julgar assuntos relevantes para a nação, acaba envolvido com interesses específicos e particulares.

Como empresário, é meu dever compartilhar essas informações e lutar. Sei que tudo isso que está acontecendo vai contra os valores do brasileiro. Somos um povo pacato, nosso desejo é, sobretudo, colocar em prática o que diz a nossa bandeira: Ordem e Progresso. Queremos viver em um sistema que - com trabalho e justiça - tenhamos condições de desenvolvimento e evolução. Precisamos lutar por uma polícia melhor aparelhada, por salários justos para os professores e por ações que devolvam a esperança à nossa juventude.

Precisamos sair da zona de conforto, levantar da cadeira e ir para a rua gritar; fazer acontecer. Eu acredito na reconstrução do Brasil, mas isso só vai acontecer se cada cidadão lutar e se dedicar verdadeiramente. Não podemos cair em resignação. Nossa luta contra esse estado de coisas é grande, e só com ações fortes e concretas de todos nós é que será vencida.


Albano Schmidt
Presidente da Termotécnica


Data de inclusão: 10/05/2018
Fone: (47) 34330666
Contato: Malu Salgueiro
Empresa: EDM Logos - Comunicação
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Administração][Economia e Finanças][Empresas]
Este Release foi visto 330 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.