Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

21/05/2018 - 17:20 - #Verbo Nostro Comunicação Planejada
Contação de histórias, cultura e poesia marcaram o primeiro dia da Feira do Livro
Contação de histórias, cultura e poesia marcaram o primeiro dia da Feira do Livro - #VERBO NOSTRO COMUNICAÇÃO PLANEJADA

Tenda Sesc recebeu intervenção com a participação de Valdeck Garanhuns e Daniel Munduruku, que interagiram com o público através de histórias e canções. No Gabinete de Curiosidades e Habilidades e no Espaço do Leitor, crianças e adultos ouviram histó ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
Ribeirão Preto (SP), 20 de maio de 2018 – A 18ª edição da Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto começou neste domingo (20) trazendo diversas atividades em vários pontos do evento. A feira teve início logo cedo e a população veio conferir de perto. A primeira atividade do dia: a Oficina de Mini Livro, com Dayane Oliveira, evento organizado pelo Sesc, aconteceu a partir das 9h e seguiu até às 13h, no Gabinete de Curiosidades e Habilidades, instalado na Esplanada do Theatro Pedro II. No local, os participantes criaram as suas histórias e personalizaram o seu próprio livro.

O domingo também reuniu boas opções para crianças e adultos como contações das histórias A Menina dos Balões, pelo Instituto Civitas, às 10h e A Ema e o Sonho, de Cordeiro de Sá, interpretada pela atriz Míriam Fontana, às 14h, ambas foram apresentadas no Espaço do Leitor, no Estande da Fundação do Livro e Leitura.

No período da tarde, aconteceu no Gabinete de Curiosidades de Habilidades do SESC, a Oficina Tecendo Poesias com Zezé Cherubini. A artesã, atriz e figurinista, utilizou a poesia brasileira como fonte inspiração para, a partir de leituras e brincadeiras poéticas, interligar as artes literárias com as artes manuais. A atividade visou estimular o sentido de tato, da memória afetiva, da estética visual e da escuta. “A intenção foi fazer as crianças criarem seu próprio tear através dos poemas da Cecília Meireles”, explicou. Zezé ressaltou que, pelo aspecto lúdico da oficina, a criança fixa mais os poemas. “Isso é importante porque a gente presa muito pela arte e assim podemos estimular o interesse e o gosto das crianças por outras poesias”.

A professora aposentada, Heliana Anunciato Thompson Flores, avaliou a proposta como muito criativa. “Eu amo a poesia. Achei a ideia fantástica até para a juventude que precisa de poemas e arte para trabalhar com sentimento”. A garota Emily Rojas de Oliveira, de 10 anos, participou da oficina e recomendou que as escolas deveriam ter mais atividades desta natureza. “Gosto muito de aprender. É primeira vez que participo de uma oficina como essa. Foi muito legal e divertido”.

A programação da tarde também foi marcada por temas como história, cultura e poesia, trazidos nos salões de ideias. Realizado na Tenda Sesc, o primeiro encontro contou com a presença do poeta e artista Valdeck Garanhuns e do escritor e professor Daniel Munduruku. Um dos principais temas da atividade foi a preservação da cultura e das tradições brasileiras.

Pertencente à etnia indígena Munduruku, Daniel iniciou a conversa falando sobre seu povo e como eles participaram da história do país nos últimos 300 anos. “Infelizmente temos no Brasil uma dificuldade de lidar com as diversidades étnicas e isso afastou os povos indígenas da sociedade brasileira”, afirmou.

Figura muito presente em eventos de valorização da cultura indígena, Daniel trouxe para o público da feira diversos ensinamentos de seu povo, como saudações, idioma e tradições. Um dos aspectos ressaltados por ele foi a relação com o tempo e as fases da vida. “Na minha cultura não existe a palavra futuro, temos apenas o passado e o presente, o que nos permite viver plenamente o momento, sem nos preocupar em acumular as coisas”, revelou.


Seguindo o mesmo tema, Valdeck Garanhuns discutiu como a cultura brasileira é deturpada e distorcida pelas influências externas. “Muitas vezes somos forçados a engolir costumes que não são nossos e assim desvalorizar nossa própria cultura”, argumentou.

Para Daniel Munduruku, os avós e pessoas mais velhas têm um papel fundamental como contadores de histórias, sendo os responsáveis por resgatar o passado e deixar um legado para os mais jovens. Para complementar, os participantes interagiram com o público através de histórias e canções.

Poesia em pauta

Também na tarde deste domingo os escritores regionais Mara Senna, Carlos Roberto Ferriani, Eliane Ratier e Marilda Franco de Moura se reuniram para uma conversa sobre a vida e a obra de Mia Couto, um dos autores africanos mais reconhecidos da atualidade.

Durante a atividade, os autores explicaram um pouco sobre a vida do escritor e como ele desenvolveu sua carreira. Segundo eles, Mia Couto cresceu em uma casa rodeado de livros e poesia, diferente da realidade da maioria das famílias de sua região. “Por sempre estar em contato com poetas, por muito tempo Mia Couto acreditou que quando as pessoas se tornavam adultas, automaticamente, eram transformadas em poetas”, contou Mara Senna.

Além disso, o salão de ideias contou com declamações de poemas e momentos de recordações sobre os encontros com o autor africano, que já esteve em Ribeirão Preto e em diversos eventos literários pelo Brasil.

18ª Feira Nacional do Livro

Um dos maiores eventos culturais do país, a Feira Nacional do Livro completa 18 anos e acontece entre os dias 20 a 27 de maio de 2018. Com o tema “As Histórias que os Livros Contam e as Leituras que a Gente Faz”, a programação conta com atividades gratuitas entre salões de ideias, conferências, sessões Clássicos da Minha História, palestras, mesas-redondas, oficinas, shows, espetáculos infantis, performances, contações de histórias, entre outras.

Neste ano, a programação não só lança diversas novidades, como as Sessões Clássicos da Minha História, conferências com o tema da feira baseadas em livros clássicos e espetáculos musicais inéditos, entre outras. Uma programação bem variada, com cerca de 250 atividades culturais - com atrações para todos os públicos e idades - e participação de grandes estrelas da literatura nacional para Ribeirão Preto.

Homenageados
Como em todos os anos, a Feira do Livro fará homenagem a um país – e o escolhido foi Uruguai. Quanto aos autores celebrados, o escritor principal é Sérgio Buarque de Holanda; o autor educação é Antonio Candido; a autora infantojuvenil é Marina Colasanti; autor local, Camilo Xavier e a professora homenageada, Heloisa Martins Alves. Como patrono, a direção da feira indicou o advogado Sérgio Roxo da Fonseca.

Realização

O Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Alta Mogiana, GasBrasiliano e Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto apresentam a 18ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto com Patrocínio Ouro Alta Mogiana - Açúcar, Etanol e Energia e Gás Brasiliano. Patrocínio Prata Ambient, Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto, Grupo São Francisco e Savegnago Supermercado. Patrocínio Bronze Grupo Maubisa, Pedra Agroindustrial e Ribeirão Shopping. Patrocínio ACIRP - Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto, Madeiranit, Passalacqua e Via Brasil Seminovos. Instituição Cultural Parceira SESC - Serviço Social do Comércio. Parceiro Cultural Fundação Dom Pedro II e Theatro Pedro II, Immaginare Escola de Criação e Design, Santa Helena, Senac - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SESI – Serviço Social da Indústria, Grupo Thathi de Comunicação e Unaerp – Universidade de Ribeirão Preto. Apoio Cultural Centro Universitário Barão de Mauá, Centro Universitário Moura Lacerda, Estevan Soares, Heurys Tecnologia, Monreale Hotel - Ribeirão Preto, NW3 Comunicação, Verbo Nostro Comunicação Planejada, EPTV, Jornal A Cidade, Rádio CBN, G1 e A Cidade On. Apoio Secretaria Municipal da Cultura, Secretaria Municipal da Educação, Teatro Municipal de Ribeirão Preto, Centro Cultural Palace, Diretoria de Ensino Região de Ribeirão Preto, Câmara Municipal, Biblioteca Altino Arantes e Fundação Educandário, Colégio Marista, Biblioteca Padre Euclides, Colégio Auxiliadora, OAB, Sincovarp-Sindicato do Comércio Varejista de Ribeirão Preto, Macboot, Usina São Martinho, Grupo Utam, IPCCIC - Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais, Ribeirão Preto Film Comission, Recicla Bytes, Coderp, Daerp, Transerp, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal e Polícia Militar. Realização Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, Prefeitura Municipal, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Ministério da Cultura, Brasil – Governo Federal.

Sobre a Fundação

A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país. Com uma trajetória sólida e projeção nacional e internacional, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura com calendário de atividade durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do Proac.

Atendimento à Imprensa

Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis:
Luciana Grili (16) 99152 2707 (luciana@verbo.jor.br)
Andrea Berzotti (16) 99138 6185 (andrea@verbo.jor.br)
Valter Jossi Wagner (16) 99152 2700 (valter@verbo.jor.br)
Colaboração: Juliana Castro, Alessandra Rotolo e Julio Fontes (redação@verbo.jor.br ou pauta@verbo.jor.br)
Data de inclusão: 21/05/2018
Fone: (16) 36108659
Contato: Verbo Nostro Comunicação Planejada
Empresa: #Verbo Nostro Comunicação Planejada
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Cidades][Eventos][Geral]
Este Release foi visto 263 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.